PUBLICAÇÕES

Aqui encontra a versão online das publicações realizadas pelo OBSERVATÓRIO DOS DIREITOS.

Observando Direitos na Guiné-Bissau
Educação, Saúde, Habitação, Água, Energia, Saneamento,
Justiça, Meios de Subsistência


Pelo terceiro ano consecutivo, o Observatório dos Direitos divulgou o relatório anual de indicadores de Direitos Humanos, desta vez realizando uma comparação com os dados recolhidos anteriormente e que permite perceber a evolução da situação dos Direitos Humanos na Guiné-Bissau em oito indicadores distintos, em todas as regiões (excepto Bolama/Bijagós).

Aceda aqui ao relatório integral.



Observando Direitos na Guiné-Bissau
Educação, Saúde, Habitação, Água, Energia, Saneamento,
Justiça, Meios de Subsistência


O segundo relatório anual de indicadores de Direitos Humanos alarga a análise de indicadores a áreas como o Saneamento, os Meios de Subsistência, actualizando também os dados relativos às outras áreas analisadas no relatório do ano anterior.

Aceda aqui ao relatório integral.






Observando Direitos na Guiné-Bissau

Educação, Saúde, Habitação, Água, Energia, Justiça


Trata-se do primeiro relatório anual de indicadores de direitos humanos, realizado no quadro do Observatório dos Direitos. Esta publicação, coordenada pelo investigador Carlos Sangreman (UAveiro e CEsA-ISEG/ULisboa), contém informação recolhida pelas diversas antenas regionais do projecto em todas as regiões da Guiné-Bissau, em áreas como a Educação, a Saúde, a Habitação, a Água e Saneamento, a Energia e a Justiça.

Aceda aqui ao relatório integral.




Sociedade Civil, Advocacia e Sensibilização sobre Direitos Humanos na Guiné-Bissau - Diagnóstico de Competências das Organizações da Sociedade Civil


A primeira publicação do Observatório dos Direitos é um estudo diagnóstico realizado às organizações da sociedade civil guineenses que trabalham na área dos Direitos Humanos. Coordenada pela consultora Catarina Schwarz, esta publicação traça o perfil das competências e também das lacunas que as OSC guineenses têm no domínio da advocacia e da sensibilização sobre Direitos Humanos. Além do diagnóstico, o estudo inclui ainda um conjunto de boas práticas das OSC neste domínio.

Aceda aqui ao estudo integral.